Batman vs Superman: um filme de herói digno de Oscar. Sério


Quando vi o trailer de Barman vs Superman em Vingadores: A era de Ultron disse para os meus amigos que esse seria "o melhor filme de herói de todos os tempos"... E Zack Snyder superou minhas expectativas. É o melhor filme de todos os tempos.

O diretor:

Se você assistiu Watchmen, um filme que anda na contramão do que conhecemos como "herói", percebeu que Zack Snyder é do tipo que impressiona logo de início, com flashs longos do passado em câmera lenta, lutas violentas, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e diálogos demorados e densos.

E talvez você diga: "Beleza, isso pode funcionar para Watchmen devido a narrativa dos quadrinhos, mas em Batman vs Superman... Sei não".

Essa é a graça da nova produção da Warner/DC. Eles conseguiram transformar um filme de herói - ligado ao lúdico infantil - em algo muito mais abrangente e complexo (e nada infantil).

O diretor de Sucker Punch (outro filme ótimo que eu não entendo o motivo dos críticos odiarem tanto) foi corajoso. Não consigo pensar em outro cara para o cargo.

Superman:

Tenha como exemplo o próprio Superman. O filme se passa 18 meses depois de O homem de Aço. Logo de início vemos o estrago causado pelo kryptoniano no último filme. Clark se vê diante de um conflito interno: ser o herói que todos esperam e continuar salvando vidas a custo de outras. Essa carga emocional deixa qualquer ser humano propenso a manipulação. Percebe a humanização da coisa? Kal-El não deveria passar por isso. Ele é um alienígena, poxa!

E o Batman?

No episódio 200 de The Big Bang Theory, Howard indaga Adam West sobre Ben Afleck: "O que você acha dele como Batman?" Eu não sei porque toda essa dúvida com relação ao ator. Ele já provou que é um ótimo profissional (Argo, Garota Exemplar e, sim, Demolidor são ótimos filmes) e não deixa nada a desejar como Batman.

No filme, percebemos claramente que ele ainda carrega uma grande amargura por conta da morte de seus pais. Ele vê na violência brutal (e que violência!) a forma de lutar contra seus próprios demônios internos. Percebe-se que ele já esta esgotado e não vê mais esperança no ser humano, e Ben Affleck mandou tão bem, mas tao bem nesse papel, que você capta esses sentimentos pelo olhar, vozes e lutas.

Eu nunca pensei que a Warner seria capaz de fazer um Batman tão sombrio, insano e violento. Ele não está nem ai para a integridade moral e física de seus adversários.

"Bandidos são como ervas daninhas: você arranca um e surge outro"


A origem da justiça (sem spoilers):

Eu vejo a união de Batman e Superman como um casamento onde os dois se completam e a Mulher Maravilha é a terceira pessoa que abala a relação: Superman é esperançoso, imortal, superpoderoso e age por impulso; Batman é cético, mortal e extremamente cauteloso e inteligente; a Mulher Maravilha é indiferente, egoísta (mas no fundo tem o coração mole) e só aparece quando lhe convém, abalando totalmente as estruturas. Com o tempo você percebe que eles funcionam juntos por um ponto em comum (e não é o nome da mãe dos dois): salvar vidas. Os ideais são diferentes e por isso a batalha física mais épica de todos os tempos se torna ainda mais intensa.

A única coisa que me decepcionou: Aquaman. E não é porque a atuação de Jason Momoa foi fraca. Pelo contrário: eles venderam uma super participação do herói aquático mas isso não aconteceu. Ele aparece por alguns segundos apenas.

Diferente de tudo:

Se você não esta inserido no contexto vai estranhar muito o filme. Isso porque é muito diferente dos filmes da Marvel, por exemplo, que são carregados de humor, cores vibrantes e trama rasa. Seria insano exigir isso de Batman vs Superman. A história merecia uma atmosfera densa e séria.

A trilha sonora complementa ainda mais a película. Podemos comparala com uma grande opera: gritante e com muitos picos, uma caraterística positiva de Hans Zimmer e Junkie XL.

Enfim, Batman vs Superman me conquistou pelo conjunto da obra, mas também por suas características isoladas: estética perfeita, boas atuações, trilha impecável, batalhas de tirar o fôlego, cenas épicas, diálogos longos, fotografia... Tudo. Era tudo o que eu esperava e mais um pouco. Sai da sala do cinema marcando o dia para assistir de novo.

Este é um filme de fã para fã. Ignore toda a balela que a mídia especializada tá falando e, se possível, vá hoje aos cinemas. Você passará por uma experiencia incrível, onde todos os clichês dos filmes de heróis são quebrados em um filme emocionante de tirar o fôlego.

Compartilhe no Google Plus

About Muller Nascimento

Empreendedor na Hardskull Clothing; marketeiro por formação; metido a designer, videomaker e fotógrafo; louco por café e apaixonado por gatos. Conheça meu trabalho em www.mullernascimento.com