O certo, o errado e suas variáveis




Selvagens, de Don Winslow, conta a historia de um triângulo amoroso entre Ben Chon e Opnelra, e suas vidas desregradas de prazeres na Califórnia.


Calma não se trata de mais um *pornô cor-de-rosa". Você precisa saber que Bem, ambientalista e filantropo nas horas vagas, e Chon, um ex-SEAL e mercenário são dois empresários bem sucedidos do ramo da maconha que monopolizam o mercado de Laguna Beach; e o, uma patricinha que adora fazer compras será a peça fundamental de uma gama alucinante de negociações habilidosas e reviravoltas inacreditáveis que deixara você ansioso para descobrir o custo da liberdade e o preço de um “grande barato”.


 //

"Ben e mamadeira quente, 
Chon é metal frio Bert e carinhoso, Chon, indiferente
 Bert faz amor, Chon faz sexo
 Ela ama os dois O que fazer o ode fazer?”

 //

No mesmo momento que os dois empresários decidem mudar o foco dos investimentos e utilizar toda a grana que eles juntaram para viver de projetos sustentáveis e socioeconômicos, o poderoso Quartel de Baja, do México, pretende tomar a região e fazer Bem & Chonny – nome da empresa de nossos protagonistas – de fornecedores da "melhor hidro de.. Lugar nenhum. Apenas produzem a melhor hidro, ponto final.

 E ai que, na mera opinião do estagiário, que vos escreve, o Pulp Fiction da literatura se inicia:

 //

"Bem e Chon podem escolher entre
 De Acordo 
 Ou 
 De Captação.”

//

 Vamos dizer que o e-book de Don Winston - escritor e roteirista reconhecido por suas obras com criticas acidas e irónicas que retratam sobre outras óticas o consumo e a distribuição (o termo trafico é muito feio) da maconha – é uma viagem muito louca , intensa e chapada sobre o certo ( é errado fazer o certo com o que você consegue fazendo coisas erradas?) o errado (é errado fazer o errado quando o errado e a única corsa que você sabe fazer bem) e o relativismo moral.

 Seguindo essa mesma premissa, desde o primeiro capítulo o autor dá ‘um tapa de leve” na cara da sociedade, com textos chocantes, diálogos sem sentido, formatação e parágrafos sem alinhamento, muitos palavrões e acrônimos esquisitos( como, por exemplo, ‘ MPDPC – os Melhores peitos que o dinheiros pode comprar.’) Mas, mesmo que você ache estraho no inicio , com o passar de cada página, esse estilo “cha-pa-do” irá te prende cada vez mais, e no final você vera que o que não faz sentido, ate que faz sentido, pois como esperar que o autor siga regras conservadoras, se no enredo da historias todos os personagens estão sob o efeito de murta droga?.

 Em suma Selvagens agrada meninos e meninas. Uma engenhosa combinação entre suspense adrenalina e romance que causa uma sensação alucinante.

 Obs: A obra foi adaptada para o cinema pelo cineasta norte-americano Oliver Stone. O longa tem no elenco Benicio Del Toro e Salma Hayek.


Texto publicado originalmente por mim no blog do iba, no dia 19 de fevereiro de 2013.

Compartilhe no Google Plus

About Ceroula Blog

Empreendedor na Hardskull Clothing; marketeiro por formação; metido a designer, videomaker e fotógrafo; louco por café e apaixonado por gatos. Conheça meu trabalho em www.mullernascimento.com